A CARREGAR

Escreva para Pesquisar

Dependência do sexo: como identificar e consequências

Dependência do sexo: como identificar e consequências

Avatar logo
Partilhar

A dependência do sexo, também conhecida como Desejo Sexual Hiperativo, é uma adição que se manifesta através do descontrolo da motivação sexual.

1. Como se identifica a dependência do sexo?

A dependência do sexo começa a detetar-se com os sintomas de privação inerentes à ausência de atividade sexual. É comum que o adicto procure obsessivamente ter sexo e, não obtendo êxito, compre esse sexo, sem qualquer sentimento associado. A intimidade física contrasta com a enorme distanciação psicológica, sendo que frequentemente nem se sabe o nome do(a) parceiro(a).

Do espectro de comportamentos do indivíduo considerado adicto a sexo podem constar a masturbação obsessiva, exibicionismo, compra de material pornográfico, utilização de serviços eróticos telefónicos ou via Internet, voyeurismo, relações sexuais com pessoas desconhecidas ou profissionais do sexo, sevícias sexuais, comportamentos sexuais em público, sadomasoquismo. No limite, poderá incluir violações, incesto, abuso de crianças ou de adultos com défice de consciência, entre outros.

2. Consequências da dependência do sexo

sexo 1 1
sexo 2

Em termos físicos, a dependência do sexo expõe a problemas de sono, tensão arterial alta, esgotamento físico, úlceras, doenças sexualmente transmissíveis, disfunções sexuais, entre outros.

Do ponto de vista emocional, esta dependência abafa de tal forma os sentimentos que a pessoa pode vir até a experienciar desleixo e apatia. A infantilidade, a impaciência, a exigência desmedida, o medo da rejeição, o isolamento e o desespero são também comuns neste tipo de dependência.

A nível cognitivo, pode interferir com os processos mentais, comprometendo a vigilância, a acuidade mental, a atenção e a concentração. Ainda, a continuidade da mentira, da negação, da racionalização, da minimização e da projetação são suscetíveis de desencadear pensamentos paranoicos, como a mania da perseguição.

O dependente pode também gastar recursos financeiros que tem e que não tem, com a prostituição, pornografia, instrumentos sexuais, videochamadas e encontros eróticos, prendas excêntricas para os(as) amantes, entre outras despesas.

No âmbito social (família, amigos, trabalho), para além do tempo, o adicto ao sexo subtrai também atenção e dinheiro, alheado ao seu egocentrismo e à sua incapacidade de amar efetivamente. Quando o dependente é casado, esta dependência poderá dar lugar a abusos familiares físicos e até mesmo sexuais. As amizades deste tipo de dependente são supérfluas e apenas cultivadas enquanto geradoras de compensações (de preferência sexuais).

RESUMO

Com um elevado nível de desejo e de fantasias sexuais, o indivíduo com esta patologia sente necessidade de ocupar muito do seu tempo com este tipo de práticas. O exagero do desejo sexual no homem apelida-se de satiríase, sendo que em relação à mulher nos referimos a ninfomania.

Não ignore este problema. Não hesite em pedir ajuda, pode contar sempre connosco.

Tags:

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Próximo